Sra. Raposa

A ALEGRIA PORÉM,PERMANECEU EM SEU CORAÇÃO,SUAVE E MORNA COMO A PENUGEM DE UM FILHOTE DE PASSARINHO!

Eu olho para o mundo e até mesmo ao fechar os olhos e cobrir o meu coração eu vejo uma água cair surdo, as quedas de surdos como um furacão de gelatina, como uma cachoeira de esperma e águas-vivas. Eu vejo turvo um longo arco-íris. Eu vejo suas águas através dos ossos.

Pablo Neruda (via oxigenio-dapalavra)

(via oxigenio-dapalavra)

Antes de voltar para casa no dia seguinte escrevi no espelho com batom:Minha menina, estamos sozinhos no mundo.

Gabriel Garcia Márquez - Memoria de Minhas Putas Tristes

infinite-mindd:

worldofthecutestcuties:

My friend has a pet fox


I love this

infinite-mindd:

worldofthecutestcuties:

My friend has a pet fox

I love this

(via madfoxxxy)

otfilms:

Hugo (2011)

otfilms:

Hugo (2011)

(via withmyself)

Tirinhas de Liz Climo

(Fonte: nesseuniversoparalelo.com)

(via collarinos)

Arte de Jake Baddeley

Arte de Jake Baddeley

De todas as maneiras que há de amar. Ouça um bom conselho que eu lhe dou de graça: eu semeio o vento na minha cidade, vou pra rua e bebo a tempestade.

Chico Buarque em entrevista por Eberth Vêncio, Revista Bula.  (via oxigenio-dapalavra)

(via oxigenio-dapalavra)

(Fonte: weheartit.com)

(Fonte: weheartit.com)

spacefungus:

Listener 4 (2009) oil on canvas 24x26in





” Embora me desse a impressão de que era dessas pessoas que nao podiam ser feliz em lugar algum.Era um homem muito reservado e as vezes eu achava que o mundo e as pessoas tinham deixado de lhe interessar.Eu tive a impressão de que Julián vivia no passado,fechado com as suas lembranças.Julián vivia dentro de casa,para seus livros e dentro deles,como um prisioneiro de luxo. ”

A Sombra do Vento
Carlos Ruiz Zafón

spacefungus:

Listener 4 (2009) oil on canvas 24x26in

” Embora me desse a impressão de que era dessas pessoas que nao podiam ser feliz em lugar algum.Era um homem muito reservado e as vezes eu achava que o mundo e as pessoas tinham deixado de lhe interessar.Eu tive a impressão de que Julián vivia no passado,fechado com as suas lembranças.Julián vivia dentro de casa,para seus livros e dentro deles,como um prisioneiro de luxo. ” A Sombra do Vento Carlos Ruiz Zafón

(via eckstazi)